Perante novas incertezas e inseguranças, por carência de visão e de estratégia, por ausência de vontade política e porventura – há quem o refira – por falta de uma liderança forte, a União Europeia ainda não conseguiu abrir caminho para um novo patamar de integração. Esta é a única via, a meu ver, para compensar, por um lado, as ondas de choque do recente alargamento e, por outro, de se dotar de instrumentos – na acepção muito genérica de quadro jurídico, político e institucional – que lhe permitam responder com políticas adequadas e eficazes aos múltiplos problemas com que se confronta.”

Jorge Sampaio, ex-presidente da República (1995-2005), embaixador da ONU na luta contra a tuberculose, na Palestra General Câmara Pina, sob o tema “A Integração Europeia de Portugal, 20 Anos Depois”. A palestra decorreu ontem, no Instituto de Defesa Nacional.