“We will do whatever is necessary to fight this organization. I want to give the message that if our friends don’t help us, we will do the job ourselves.”

Ministro dos Negócios estrangeiros turco, Abdullah Gul, à Newsweek, em resposta à pergunta: “So, would Turkey invade northern Iraq to bring the PKK under control?”. Gul garante que caso os curdos iraquianos não travem a acção da organização terrorista PKK, a Turquia poderá tomar o assunto em mãos. O PKK será um dos temas em agenda para a reunião desta semana entre o presidente norte-americano, George W. Bush e o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan.

Toda a entrevista em “Whatever is necessary“, no site da Newsweek.