“(…) It is urgent to have an initiative to put an end to the barbarianism of the death penalty.”

Massimo D’Alema, ministro dos Negócios Estrangeiros italiano. A Itália pediu à União Europeia que apoie uma moratória global sobre a pena de morte, na sequência da execução de Saddam Hussein.

FONTE: ANSA (via Deutsche Welle).