O chefe de Governo espanhol, José Rodriguez Zapatero, declarou hoje o final do processo de paz com a ETA, na sequência do atentado do grupo separatista no aeroporto de Madrid, que matou duas pessoas no dia 30 de Dezembro.

As conversações duravam desde Março de 2006.

FONTE: Le Monde