Os socialistas gregos (PASOK), principal força da oposição, exigem eleições antecipadas depois de desistirem do debate sobre a revisão constitucional. A moção de censura vai a votos amanhã mas não deverá ter qualquer efeito, uma vez que o Governo conservador do primeiro-ministro Costas Karamanlis conta com o apoio de 164 dos 300 deputados.

As eleições gerais estão, para já, marcadas para Março de 2008.

COORDENADAS ÚTEIS:

Athens News Agency (Grécia)

Deutsche Presse-Agentur (Alemanha) via Monsters and Critics (Reino Unido)