9,6 mil milhões de euros: é o valor atribuído pelo Conselho Europeu de Berlim para criar uma empresa europeia de fusão nuclear.

FONTE: Diário Económico