É de abuso de poder que se queixa o parlamento da Roménia, ao suspender o mandato do presidente Traian Basescu. Em concreto, acusam o chefe de Estado de pressionar as autoridades judiciais e de fazer favores políticos a grupos de interesse.

Com 322 deputados a favor (contra 108), o parlamento abre assim a porta a um referendo que possa confirmar o afastamento. Mas, em todo o caso, Basecsu já tinha alertado esta semana que resignaria ao cargo se fosse suspenso.

Em perspectiva estão, portanto, eleições presidenciais.

COORDENADAS ÚTEIS:

Hot News (Roménia)

Malfax (Macedónia)

The Guardian (Reino Unido)