Com a assinatura do Tratado de Adesão às Comunidades Europeias, Portugal e Espanha carimbaram a 12 de Junho de 1985 a entrada na Comunidade Económica Europeia (CEE) e na Comunidade Europeia da Energia Atómica (CEEA). No Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, seria o então primeiro-ministro Mário Soares a confirmar as intenções portuguesas. Oito horas depois, o chefe de Governo espanhol, Felipe Gonzalez, repetia o gesto no Palácio do Oriente, em Madrid. A adesão seria consumada a 1 de Janeiro do ano seguinte, no culminar de um processo de negociações que durou quase uma década.
 
COORDENADAS ÚTEIS:

Centro de Informação Europeia Jacques Delors (dossier temático)