1998: A Alemanha ratifica o Tratado de Amesterdão.

1995: Jacques Chirac é eleito chefe de Estado da República da França.

1990: O Conselho Europeu institui a Fundação Europeia para a Formação e adopta o regulamento relativo à criação da Agência Europeia do Ambiente.

1974: O chanceler alemão Willy Brandt demite-se.

1948, 7 a 11 de Maio: Sob a égide do comité de coordenação internacional dos movimentos para a unificação da Europa, reúne-se em Haia, Países Baixos, o Congresso Europeu. Presidido por Winston Churchill e na presença de 800 delegados os participantes recomendam a criação de uma Assembleia deliberativa europeia e de um Conselho europeu especial encarregues de preparar a integração económica e política dos países europeus. Preconizam igualmente a adopção de uma carta dos direitos do homem e a criação de um Tribunal de Justiça com vista a assegurar a sua aplicação.

1945: A Alemanha assina o termo de rendição incondicional perante os aliados.

1920: A União Soviética reconhece a independência da Geórgia, mas invadirá o país meio ano depois.

1895: O cientista russo Alexander Popov apresenta à Sociedade Russa de Química e Física a sua invenção, o primeiro aparelho de rádio. Este dia é celebrado na Rússia como o Dia da Rádio.

1892: Nasce o presidente da Jugoslávia, Josip Broz Tito. Morreria em 1980.

1840: Nasce o compositor russo, Pyotr Ilyich Tchaikovsky. Morreria em 1893.

1825: Morre o compositor italiano, Antonio Salieri. Nascera em 1750.

1824: Estreia mundial da Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven em Viena.